segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Cabeço

Daí raça!!!! Então, depois de ralar o dia inteiro no trampo em pleno feriado, num merecido final de tarde foi a hora de ralar o peito pegando uns jaca nas ondas da Grossa... Pra fechar ( o dia!!!! hauhuahauhauh...) rolaram umas braçadas na Praia do Cabeço, com a maré bem seca.
É... mais um dia abençoado por Jah... JAH BLESS!
FALOW!!! \m/


domingo, 14 de novembro de 2010

YOPO

O yopo (ou paricá ) é utilizado na forma de pó ( rapé ), o qual é inalado pelo usuário com o auxílio de um aplicador ( kuripi ) ou através de tubos longos ( tipi ), soprados por outro indivíduo. Há várias denominações para o paricá : niopo, nupa, yopo, cohoba, niopa, nopa, yopa, jopa, yupa, curupa, niopa, cogioba, cohiba, coíba, kurupaiara, cebil, cevil, mori, hataj, hisioma, kakoímes, curuva...
Usado tradicionalmente durante séculos pelas tribos indígenas da América do Sul, em seus rituais religiosos e espirituais para comunicar-se com os espíritos, é proveniente das sementes de árvores do gênero Anadenanthera ( angico ) as quais são torradas, trituradas e misturadas com óxido de cálcio para aumentar a concentração da DMT, alcalóide responsável pela trip deste enteógeno.

Abaixo vídeo do ritual de uso do yopo.
Véio... q comédia... não sei se dá vontade ou medo de experimentar e ficar da mesma naipe da indiada... uhahauhuahuahuahuah!!!
FALOW!!!






video